icon-ham

Presidente da Assembleia Legislativa de Macau renuncia para ser candidato

O candidato a chefe do Governo de Macau Ho Iat Seng durante uma conferência de imprensa para apresentar formalmente a candidatura ao cargo de chefe do Governo de Macau, cuja eleição está agendada para 25 de agosto, em Macau, China, 18 de junho de 2019. TATIANA LAGES/LUSA

 O presidente da Assembleia Legislativa (AL) de Macau renunciou ao mandato para se candidatar ao cargo de chefe do Governo, cujas eleições estão previstas para 25 de agosto.

A comunicação de Ho Iat Seng foi feita no início do plenário aos deputados, com a renúncia de deputado, e automaticamente de presidente da AL, a ter efeitos imediatos, tendo agora aquele órgão 15 dias para eleger um substituto.

Ho Iat Seng fez questão de se despedir individualmente dos deputados antes de abandonar o plenário, mas antes agradeceu o apoio de todos ao longo dos anos.

Numa declaração no início dos trabalhos da AL, agradeceu “a confiança e o apoio” dos deputados, aos trabalhadores daquele órgão, à população e ao Governo de Macau.

De manhã, ainda enquanto líder da AL, realizou uma conferência de imprensa que serviu para fazer um balanço do seu mandato.

O empresário que se estreou como deputado em 2009, ano em que foi eleito para o cargo de vice-presidente da AL e, quatro anos depois, em 2013, para o de presidente daquele órgão, foi até abril um dos 175 membros do Comité Permanente da APN chinesa.

O candidato a chefe do Governo é administrador e gerente-geral da Sociedade Industrial Ho Tin S.A.R.L.; presidente do conselho de administração da Companhia de Investimento e Desenvolvimento Ho Tin, Limitada; e administrador e gerente-geral da Fábrica de Artigos de Plástico Hip Va.

Ex-membro do 13.º Comité Permanente da APN, foi até agora deputado na AL, vice-presidente da Associação Comercial de Macau e presidente vitalício da Associação Industrial de Macau.

O agora candidato a chefe do Governo de Macau foi membro dos 9.º, 10.º, 11.º e 12.º Comités Permanentes da APN, de 2000 a 2018, e membro do Conselho Executivo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), de 2004 a 2009.

Ho recebeu a medalha de Mérito Industrial e Comercial, entregue pelo último governador de Macau (1999), Rocha Vieira, a medalha de Mérito Industrial e Comercial (2001) e a medalha de Honra Lótus de Ouro (2009), ambas atribuídas pelo Governo da RAEM.

 

Iat Seng condena atos de violência em Hong Kong

 

O candidato e presidente da assembleia condenou os atos de violência em Hong Kong contra a lei da extradição, que culminou na invasão do parlamento daquele território administrado pela China.

"Acho muito triste e lamentável", afirmou numa conferência de imprensa que serviu para realizar um balanço do seu mandato.

Antes, disse aos jornalistas que preferia não se pronunciar sobre uma matéria que é da competência das autoridades de Hong Kong.

 

João Carreira